BRZ Infra Portos: Glossário

Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq):

Criada em 2001 e instalada em 2002, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANATQ) é uma entidade que integra a Administração Federal indireta, de regime autárquico especial, com personalidade jurídica de direito público, independência administrativa, autonomia financeira e funcional, vinculada ao Ministério da Infraestrutura.

Neste sentido, a ANTAQ tem por finalidade implementar as políticas formuladas pelo Ministério da Infraestrutura e fiscalizar as atividades de prestação de serviços de transporte aquaviário e de exploração da infraestrutura portuária e aquaviária.

Porto:

Corresponde ao espaço situado à beira do mar ou de um rio que permite, através de sua infraestrutura, que os navios realizem operações de (i) descarga e carga e (ii) de desembarque e embarque.

Terminal de Uso Privado (TUP):

Os TUPs são terminais outorgados pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) para empresas privadas, localizados fora da área do porto organizado.

Twenty-foot Equivalent Unit (TEU):

Principal unidade padrão de medida para os contêineres no comércio marítimo, que corresponde a um contêiner padrão de vinte pés de comprimento.

Berço de Atracação:

Corresponde ao local específico no terminal marítimo no qual o navio atraca para fazer o embarque e desembarque de cargas.

Calado:

Corresponde a parte do navio que fica submersa. Tecnicamente, essa é a distância, que pode ser medida em metros ou pés, entre a lâmina d’água e a parte mais baixa do navio

Dwell Time:

Tempo médio de permanência (armazenagem) de um determinado volume de contêineres na área de armazenagem de um terminal de contêineres.

MPH - Movimentos por hora:

Indicador de produtividade que indica o número de movimentações de contêineres por hora de um terminal, de um equipamento ou da operação de um navio.

Contêiner refrigerado (contêiner reffer):

Corresponde ao contêiner com equipamento próprio de refrigeração. Na maioria das vezes, é utilizado para o transporte de cargas perecíveis e que, para isso, possui motor próprio que fornece refrigeração para manter a temperatura da carga em até -25ºC, de acordo com o produto.

Contêiner dry:

Fabricado a partir de ligas de aço, possui relevante resistência que permite que seja mantido a céu aberto, sem comprometer a sua estrutura e sua carga. Adicionalmente, por conta da sua grande versatilidade, este tipo de contêiner é utilizado para cargas gerais, além de atender muito bem a demanda de projetos personalizados.